Na província de Nampula Professores denunciam actos de corrupção e assédio sexual

Na província de Nampula Professores denunciam actos de corrupção e assédio sexual

Por Júlio Assane

Quando passam 39 anos desde a fundação do dia dos professores, alguns destes denunciam actos de corrupção e assédio sexual para nomeação, progressão e mudança de carreira.

Esta denúncia foi feita hoje por alguns professores de algumas escolas primárias de Nampula, aquando das comemorações do dia dos professores que é celebrado com lema “valorizar o interesse do professor e defender o interesse da sociedade”.

O dia dos professores foi caracterizado com a deposição de uma coroa de flores na praça dos heróis moçambicanos, e as cerimónias centrais tiveram lugar no Distrito de Mogovalas na província de Nampula.

Alguns professores, sem querer identificar-se, disseram que os assédios sexuais e cobrança de dinheiro para mudança de carreira e progressão já vêm acontecer faz tempo. Porém, neste tempo da pandemia do coronavírus o assunto veio a agravar-se.

Pese embora existam professores que denunciam actos de corrupção e assédio sexual no sector da educação nesta cidade, a Secretária da ONP no Distrito de Nampula, Hamida Sebastião, disse que no ano de 2019, no distrito de Nampula foram nomeados 3 mil e 755 professores que corresponde a 99 por cento do que o sector havia planificado.

Apesar dos esforços que o sector da educação está a fazer, Hamida Sebastião, reconheceu que a província de Nampula apresenta um número elevado de escolas de construção precária, turmas ao ar livre e a superlotação nas salas de aulas.

O administrador do distrito De Nampula, Alfredo Matata, exortou aos professores desta cidade para continuarem a trabalhar para de modo a evitar a contaminação da COVID-19 nas escolas onde eles irão leccionar depois de se retomarem as aulas.

A fonte explicou que o governo de Nampula vai continuar a ajudar o sector da educação, para o desenvolvimento da província e do país em geral.

De referir que a província de Nampula conta um número de 7 mil e 157 professores a nível desta parcela do país, destes números 6 mil 853 são professores nomeados 304 são professores ainda por regularizar a sua situação de nomeação definitiva.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

shares