Na província de Nampula: Mais pessoas chegam fugindo de ataques em Cabo Delgado

Na província de Nampula: Mais pessoas chegam fugindo de ataques em Cabo Delgado

Por Júlio Assane

Mais de 150 pessoas entram diariamente em Nampula, na sequência dos ataques terroristas feitos por indivíduos não identificados.

Nos últimos dois dias, mais de 200 deslocados de Cabo Delgado, chegaram ao centro de acomodação de Corrane, distrito de Meconta, Província de Nampula, onde o grosso número é de mulheres e crianças, segundo Charles Moniz, vice coordenador da Comissão Episcopal para Migrantes, Refugiados e Deslocados de Nampula, um organismo da Igreja Católica.

E para minorar o sofrimento destas famílias vindas por conta dos ataques de Cabo Delgado, o governo junto das organizações não-governamentais estão a construir tendas naquele distrito para a sua acomodação.

Os deslocados por conta dos que se encontram no distrito de Corrane, na província de Nampula, estão a ser assistidos e assegurada a sua permanência definitiva naquele distrito e fornecidos produtos alimentares e vestuário disponibilizado pela CIMIRDE através das doações de pessoas de boa vontade.

A fonte voltou a exortar as comunidades e pessoas de boa vontade, para continuarem a ser humildes na disponibilização de produtos alimentares, vestuários e tendas para o amparo das famílias que pretendem recomeçar a sua vida nesta província.

A Comissão Episcopal para Migrantes, Refugiados e Deslocados em Nampula, está a assistir mais de 500 deslocados acomodados no centro de Corane distrito de Meconta localizado a 70 quilómetros da cidade de Nampula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

shares