CEM Ē PELA CONVIVENCIA DEMOCRĀTICA

CEM Ē PELA CONVIVENCIA DEMOCRĀTICA

Os alarmes no recenseamento, não podem ser motivo para mã convivência

A Conferência Episcopal de Moçambique alerta que os sinais de alarme registados nos Postos de Recenseamento Eleitoral um pouco por todo o país, podem constituir motivo para mã convivência democrática no país.

Uma Mensagem da CEM, apresentada esta quarta feira, 17/05, por Dom Inácio Saure, a margem da abertura da 4ª Assembleia Nacional da Pastoral, refere que os cristãos Católicos são chamados a fazerem tudo para que os próximos pleitos eleitorais constituam momentos de convivência democrática genuína.

O Governo provincial reconhece a existência de casos que poderão manchar o processo eleitoral, daí que o Governador de Nampula Manuel Rodriguês pediu aos cidadãos com capacidade eleitoral, a dirigirem-se aos postos de recenseamento, para adquirirem os seus cartões, mas de forma pacífica.

O recenseamento eleitoral termina no próximo dia 3 de Junho em todos os distritos municipalizados.

Por Elísio João

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *