Dia Mundial de Conscientização sobre o Albinismo: Década de progresso colectivo

Dia Mundial de Conscientização sobre o Albinismo: Década de progresso colectivo

O Dia Internacional de Conscientização sobre o Albinismo é assinalado nesta quinta-feira (13.06.2024) sob o tema Década de progresso colectivo.

O albinismo é uma condição relativamente rara, não contagiosa, herdada geneticamente, que afecta as pessoas independentemente de raça, etnia ou género. A condição é caracterizada por um déficit significativo na produção de melanina, que resulta na ausência parcial ou total de pigmento em toda ou qualquer parte da pele, cabelo e olhos. De forma geral, o albinismo resulta em duas condições de saúde congénitas e permanentes: deficiência visual em graus variados e alta vulnerabilidade a danos na pele causados pelos raios ultravioleta, entre eles o câncer de pele.

Embora o segmento das pessoas com albinismo seja relativamente pequeno em todo o mundo, elas são desproporcionalmente afectadas pela pobreza, particularmente nos países em desenvolvimento e nos países menos desenvolvidos. Além disso, enfrentam formas múltiplas e interseccionais de discriminação com base na deficiência e na cor, e são frequentemente excluídas das políticas públicas nas principais áreas da saúde e educação.

Em alguns países principalmente algumas partes da África, onde as pessoas com albinismo são muito visadas, a aparência física das pessoas com albinismo têm sido objecto de crenças e mitos erróneos influenciados por superstição, bruxaria ou as duas coisas.

Os mitos relacionados a bruxaria fomentaram a marginalização aguda, a exclusão social e os ataques físicos. Entre as práticas danosas incluem-se acusações de bruxaria, assassinato, mutilação, estupro, roubo de túmulos, tráfico de pessoas e tráfico de partes do corpo. Mulheres e crianças com albinismo são particularmente vulneráveis à violência, incluindo a sexual, que muitas vezes é motivada por mitos nocivos.

Os Estados têm deveres específicos, baseados na legislação internacional dos direitos humanos, de respeitar, proteger e cumprir os direitos humanos das pessoas com albinismo e de prevenir novas formas de violação desses direitos.

O dia 13 de Junho de todos anos, o Dia Mundial de Conscientização sobre o Albinismo pretende aumentar a consciência sobre a condição genética rara.

(Por: Cremildo Alexandre)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *