Cabo Delgado: Terroristas arrependidos terão centros para reabilitação e reinserção social

Cabo Delgado: Terroristas arrependidos terão centros para reabilitação e reinserção social

Com objectivo de desradicalizar e devolver à vida civil dos que deixem a insurgência em Cabo Delgado na região norte de Moçambique, o governo pretende criar centros para reabilitação e reinserção social.

Sem avançar o número nem para quais comunidades estão a regressar, o Secretário de estado na província de Cabo Delgado afirmou que alguns terroristas arrependidos enfrentam receios de voltar as suas comunidades por medo de retaliações.

Para permitir a quebra do receio quando regressados à vida civil de acordo com a DW, o governo e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) projectam criar centros transitórios para pessoas envolvidas no terrorismo. Uma espécie de centros de reabilitação para terroristas que tenham abandonado voluntariamente o extremismo violento.

Os centros transitórios para pessoas envolvidas com os conflitos em Cabo Delgado, serão instalados na primeira fase em Mocímboa da Praia, Macomia e Muidumbe.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *